O processo de design passa por diferentes etapas até a criação dos rótulos e embalagens ideais para um produto. Mas um dos principais pontos para o sucesso do desenvolvimento é o planejamento de sua embalagem conforme a sua exposição no ponto de venda.

Planejamento e Pesquisa de Mercado

Não pode-se criar rótulos e embalagens avulsos, sem considerar onde o produto será vendido e como este será exposto. Para isso é preciso conhecer o mercado e os concorrentes diretos e indiretos do produto.

Deve-se considerar em que tipo de comércio o produto será vendido. São várias as possibilidades, como: supermercados, padarias, lojas, quiosques, venda online e muitos outros.

design de rótulos e embalagens

Dentre estas opções, precisa-se considerar como este produto será exposto: em gôndolas, freezers, geladeiras, empilhados em ilhas, próximos ao caixa, dependurados e outros.

E, finalmente, com estas informações em mente, precisa-se entender os concorrentes no ponto de venda. Quais são os produtos próximos ao seu que competirão pela atenção do cliente? Quais os diferenciais do seu produto? Quais as cores mais usadas e como as informações são apresentadas?

Com todos estes dados, explicados da forma mais detalhada possível, pode-se começar a pensar no desenvolvimento dos rótulos e embalagens do seu produto.

Desenvolvimento do shape da embalagem

Sabendo onde e como seu produto será comercializado, pode-se elaborar como o seu produto será vendido. Embalagens de plástico, vidro, garrafas, bandejas, sacos herméticos, são algumas das inúmeras possibilidades. O shape da embalagem pode ser inovador, mas sempre considerando como o produto será exposto no PDV para não impossibilitar que este produto fique próximo aos seus concorrentes.

soft-hair-design-de-embalagem

Design de rótulos e embalagens

Com o shape definido, pode-se começar a pensar no design. Até mesmo esta parte criativa do processo precisa levar em conta o ponto de venda. Algumas formas de exposição do produto trazem a necessidade de grandes fontes e informações muito explícitas. Enquanto outras devem ser mais inovadoras para chamar a atenção do cliente.

design de rótulos e embalagens

Alguns produtos são tão conhecidos pelos consumidores por suas cores, por exemplo, que é preciso trabalhar com o design sem afetar esse reconhecimento já construído. Enquanto outros produtos que são lançamentos precisam passar por um estudo de cores para estabelecer qual será mais eficiente para o produto.

Planogramas para o ponto de venda

Depois dos rótulos e embalagens desenvolvidos, é muito importante desenvolver um planograma para exposição dos produtos. O planograma é um mapa com regras de como o produto deve ser apresentado no PDV. Profissionais como promotores de vendas se encarregarão de usar esse planograma e organizar a exposição dos produtos no ponto de venda conforme as estratégias previamente definidas. Estas estratégias de planograma e exposição de produtos são muito eficazes para aumento de vendas e sucesso de um produto. Por isso este planograma deve estar alinhado com o design de rótulos e embalagens.

design de rótulos e embalagens

É importante ressaltar que o design de embalagens e estratégias de ponto de vendas são muito necessários para o sucesso de um produto, principalmente produtos de empresas com orçamento restrito de marketing, sem verba para grandes investimentos em mídia. Se o consumidor não conhece seu produto por meio de propagandas e não irá procurá-lo na loja, é preciso apresentá-lo de forma eficaz no ponto de venda.

Para isso é fundamental a contratação de profissionais especializados em Inteligência de Embalagem, pois esse assunto demanda conhecimento técnico, grande experiência e conhecimento de mercado. Entre em contato a Indústria da Imagem e vamos marcar uma conversa sobre o seu produto e como a Inteligência de Embalagem pode te ajudar! Telefone: 31 2512-7990 | E-mail: contato@industriadaimagem.com.br