Março 29, 2018Nenhum comentário

Como o design de embalagens pode aumentar as vendas dos produtos

O design de embalagens muitas vezes é visto como uma parte somente criativa e gráfica, que irá utilizar de seus atributos para apresentar visuais novos. Mas ele vai muito além disso e pode ser responsável pelo aumento da venda de produtos.

Claro que a criatividade é muito importante na criação de uma embalagem. Ela dita a linha que as embalagens irão seguir, mas pode ser inspirada por outros fatores mais comerciais.

Estratégias de venda para o design de embalagens

Ao desenvolver uma embalagem, a empresa deve realizar pesquisas de mercado e de comportamento do consumidor para entender como se dá a venda do produto. Onde ele é vendido e exposto é fator principal para se criar uma embalagem. Conhecendo o PDV e o mercado, o designer pode desenvolver criações que se encaixem e se destaquem no ponto de venda. A decisão de compra do consumidor é feita em segundos de frente à variedade de produtos que é apresentada no mercado, principalmente em lojas de varejo. Por isso, a embalagem é um dos responsáveis por atrair o consumidor e efetivar a venda.

·         Mostrar o que o consumidor procura

Conhecer o consumidor é muito importante para criar embalagens que atendam as expectativas deles. Colocar as informações mais importante em destaque na embalagem, criar embalagens que encaixem em um planograma bem desenvolvido e que atendam o comportamento de compra, tudo isso faz diferença na venda de um produto. Uma embalagem que demonstre os benefícios de um produto e os valores procurados pelo consumidor, aumenta a venda do produto.

pdv

·         Se destacar em meio à concorrência

Conhecer o mercado também é essencial no design de embalagens. Saber os concorrentes diretos e indiretos de um produto é necessário para que as embalagens desenvolvidas consigam se destacar no ponto de venda. Alguns tamanhos e estéticas de um produto devem ser seguidos, pois são o esperado pelo consumidor. Mas o design de embalagens pode inovar em cores e formatos para se destacar e atrair o olhar do consumidor. Ao atrair o olhar do consumidor no meio dos concorrentes, o produto tem a chance de se vender por meio de seus benefícios atribuídos e especificados na embalagem.

design de embalagens

·         Shapes inovadores

O design de embalagens também pode desenvolver novos formatos de embalagens em que o produto é vendido. Muitas vezes essa estratégia traz grandes benefícios para o produto e, consequentemente, aumenta suas vendas. Um shape diferenciado pode trazer novas características para um produto, como aumentar sua validade, intensificar o sabor, dispor o produto de forma mais atrativa.

Diferentes formatos também podem ser criados para diferentes públicos. Produtos podem variar seus shapes para famílias com embalagens maiores, para consumo individual com sistema de lacre, para crianças, com embalagens que facilitem o consumo, etc. Um mesmo produto pode ser personalizado para diferentes públicos mudando o seu shape. E hoje personalização significa maiores vendas e fidelização do cliente.

design de embalagens

Estudos apontam que 75% das empresas que investiram em design de embalagens tiveram aumento em suas vendas (Confederação Nacional da Indústria). E 41% destas empresas também reduziram custos de produção com o investimento em uma estratégia de embalagens especial para o seu produto.

design de embalagens

Por todos esses fatores acreditamos que a Inteligência de Embalagem é um processo essencial na criação de embalagens, que envolve o design em todos os seus pontos e é sempre assessorado por outros fatores que fazem a diferença, como shape, legislação, produção, logística e estratégias de PDV.

Para conhecer mais sobre a Indústria da Imagem e o nosso processo de Inteligência de Embalagem, acesse https://designdeembalagem.com.br/o-que-fazemos. Esperamos o seu contato para ajudarmos você a aumentar as suas vendas!

Março 16, 2018Nenhum comentário

A criação de embalagens e suas inspirações

A criação de embalagens envolve muita técnica e experiência, mas também muita inspiração. Essas inspirações vêm de diferentes lugares e também é preciso muita prática para saber de onde tirá-las.

A inspiração para a criação de embalagens envolve muitos mais aspectos que imaginamos. Embalagens são compostas por tantos elementos e todos eles devem conversar entre si resultando em uma embalagem equilibrada e interessante. Alguns dos elementos que envolvem a criação de embalagens são:

  • Formato: quadrados, retângulos, cilindros, sacos grandes, médios e pequenos: o espaço ocupado pelas embalagens é determinado pelo tipo de produto a ser vendido, sua quantidade e o que a empresa quer comunicar;
  • Material: papéis, plásticos e outros insumos definem alguns aspectos sensoriais das embalagens, como texturas e tipos de impressão;
  • Cores: as cores comunicam sensações e conceitos que devem conversar com as propostas das marcas. As escolhas cromáticas influenciam e impactam a percepção dos consumidores no PDV;
  • Tipografia: cada estilo de letra traz consigo diferentes aspectos que precisam estar alinhados com os objetivos da empresa. Uma fonte manuscrita pode demonstrar elegância, enquanto uma fonte sem serifa pode ser traduzida como moderna;
  • Imagens / ilustrações / fotografias: são elementos de grande impacto nas embalagens, que tem a função de mostrar ao consumidor de forma interessante aquilo que os envoltórios guardam.

criação de embalagens

Além de todos esses elementos terem que estar equilibrados e conversar entre si, eles devem representar a marca e o produto, que é uma das principais funções de uma embalagem. Por isso o trabalho de inspirações começa exatamente no briefing.

Briefing para criação de embalagens

O briefing é muito importante para traçar a direção em que a embalagem deve tomar. Ele é um documento que contém todas as informações necessárias sobre a empresa, marca, produto e mercado para o planejamento da estratégia. Muitas informações técnicas são reunidas no briefing, mas a inspiração da embalagem vem das conversas e experiências dos representantes da marca que estão ali.

Os donos das empresas, os criadores dos produtos, ou os funcionários que vivem e respiram aquela marca são as melhores pessoas para contar a história daquele produto. Experiências, histórias da marca, do produto, visão dos concorrentes e do público, todas essas informações são muito importantes para inspirar a criação de embalagens. Por isso é muito importante que o designer participe dessa reunião de briefing e esteja em contato com o cliente, com o representante do produto.

criação de embalagens

O designer, além de acompanhar a reunião, deve saber as perguntas certas a se fazer e como pescar as inspirações durante a troca de informações. Mas na reunião de briefing com certeza estão as principais dicas para as inspirações na criação de embalagens, já que elas são únicas e vem diretamente da fonte.

Pesquisas e mais pesquisas

Inspirações vêm de todos os lugares para qualquer criação artística. E isso não é diferente na criação de embalagens. Leitura, filmes, moda, pintura, teatro, música... Todo o tipo de arte é uma inspiração.

Se temos uma marca jovial que quer se destacar para o público jovem, devemos conversar na linguagem deles. E para isso é preciso conhecer esse mundo. Mas se temos uma marca tradicional que quer se destacar pela sua experiência, devemos entender do público e uma cultura mais tradicional. Por isso designers são pessoas antenadas e conectadas, que conhecem os diferentes espectros culturais. E estar conectado e sempre estar presente em eventos culturais são, com certeza, investimentos para a profissão.

criação de embalagens

Então, com as principais dicas de briefing em mãos, é preciso pesquisar sobre o assunto, imagens, cores, assuntos, reportagens e tudo que envolva o assunto da embalagem em desenvolvimento. Usar estratégias de brainstorming, ler e pesquisar são a chave para ter toda a inspiração necessária para ser usada na criação da embalagem.

Análise de mercado e concorrência

As análises de mercado são extremamente necessárias para os planos estratégicos de uma embalagem, mas também são usadas para inspiração. É preciso saber o que já foi criado, como são as embalagens que estarão lado a lado da que você está criando e o que o mercado conhece. A chave de uma boa embalagem é aquela que se destaca no pdv, mas também se encaixa no mercado, atendendo as expectativas dos consumidores.

Para isso é preciso analisar pesquisas de mercado e ir até o local de compra. Conhecer o ponto de venda, os concorrentes e entender o processo de compra daquele produto te dará inspirações estratégicas para a criação de embalagens.

Com tudo isso em mente, é preciso colocar a mão na massa e aí sim usar sua criatividade e experiência para criar embalagens que representam todas essas inspirações.

soft-hair-design-de-embalagem

Na Indústria da Imagem todo o processo de criação de embalagens é feito com uma relação próxima entre o designer e o cliente, o que resulta em um processo transparente e inspirador de Inteligência de Embalagem. Conheça mais sobre os nossos projetos em nossa página: https://designdeembalagem.com.br/projetos.

 

Janeiro 26, 2018Nenhum comentário

Representando o valor de uma marca através do design de embalagem

As embalagens, além de terem a função de transportar e embalar produtos, também são um canal de comunicação com o consumidor final. Ao contrário de antigamente, quando as pessoas compravam à granel e somente levavam em conta suas necessidades, preço e qualidade, hoje, os produtos são vendidos juntamente com valor agregado. E esse valor deve ser a representação da marca no design de embalagem.

A importância do valor agregado

Os produtos que encontramos em um supermercado ou numa loja parecem muito similares entre eles. A necessidade humana é muito simples e depende de poucos produtos. Mas os desejos e vontades emocionais dos consumidores são o que os levam a escolher o seu produto ao contrário dos concorrentes. Por isso o seu produto tem que comunicar e informar ao consumidor qual o valor agregado e o que ele representa a mais que o óbvio.

Uma empresa que vende arroz competirá com dezenas de outras marcas em gôndolas de supermercados. Mas, no momento em que "aquele" arroz demonstrar qualidades de que é um arroz fino, que passa por diversos processos para ficar mais soltinho e que tem muito mais nutrientes que os dos concorrentes, você comunicou o valor agregado que, com certeza, vai conquistar consumidores. Estas características são significados de valor que, juntos, contam uma história. Essa história de valor é o que é vendido para os consumidores, e não o arroz simplesmente. E é com essa história, juntamente com os processos produtivos, que você justificará o preço do seu produto.

design de embalagem

Agora, essa história de valor não pode ser inventada. Ela precisa vir do valor da marca.

Qual o valor de uma marca?

O valor de uma marca está na sua raiz daquela marca. Quais são as motivações dela existir? Quais as características essenciais de um produto que carrega aquela marca? Como se dá o processo produtivo? Qual o seu público?

As respostas para essas perguntas começam a construir a história de valor da marca. E é esta história que deve estar presente em toda a comunicação da marca e, principalmente, na sua embalagem.

Representando a marca através do design de embalagem

O design de embalagem tem o poder e a responsabilidade de entender o valor de uma marca e conseguir representá-lo em seus produtos. Os valores agregados de um produto devem estar representados na embalagem. Mas, o mais importante é transparecer a marca naquela embalagem.

design de embalagem

Uma marca popular, conhecida por seus produtos acessíveis, definitivamente não pode criar embalagens refinadas, com cores e fontes mais requintadas. Isso não irá comunicar com seu público e não representa a marca. Por mais que o produto e o preço sejam o mesmo, diferentes marcas têm seus diferentes públicos e devem estabelecer uma conexão com eles através do seu real valor. Enquanto que, do outro lado da moeda, marcas finas de produtos exclusivos não devem criar embalagens simples e chamativas. Devem ser mais requintadas para representar os valores da marca e continuarem a atender o seu público.

design de embalagem

Se uma marca é exclusiva ou acessível a todos, não é o porém da questão. E sim representar os reais valores de uma marca e contar a história de valor daquele produto.

O design de embalagem deverá navegar pelos diferentes estilos, histórias e valores que cada marca tem e criar embalagens que serão a cara da marca. Afinal o produto é a forma como uma marca chega até seus consumidores. E o design de embalagem é a melhor forma de comunicar os valores de uma marca para todos os seus públicos.

A Indústria da Imagem trabalha agregando valor às embalagens de clientes de todos os portes e segmentos. Conheça o nosso portfólio e envie-nos um e-mail para conhecer mais sobre design de embalagem!

Janeiro 19, 2018Nenhum comentário

Análise de sortimento de produtos no pdv: variedade x profundidade

As estratégias para que o consumidor escolha o seu produto no pdv são diversas: design de embalagem, precificação, layoutização e muitas outras. Algumas delas devem vir de dentro da empresa com pesquisas de mercado, por exemplo. Enquanto outras devem ser trabalhadas, juntamente, com os lojistas, entendendo o consumidor, seus concorrentes e o processo de compra. Este é o caso da análise de sortimento de produtos, assunto que vamos abordar hoje no nosso blog de design de embalagem.

O que é análise de sortimento de produtos no PDV?

Para entender esse conceito, vamos definir a expressão por partes:

  • O sortimento é o conjunto de tudo que é comercializado em determinada loja, seja ela um hipermercado, uma mercearia, uma farmácia, uma loja de vestuários e até mesmo lojas virtuais de e-commerce.

pdv

  • Os produtos no PDV são aqueles disponibilizados no Ponto de Venda pela loja, seja online, física, em gôndolas, refrigeradores, expositores, etc.

pdv

  • A análise deste sortimento é, justamente, entender o que está sendo oferecido por aquela loja ao consumidor no ponto de venda e de qual forma o consumidor recebe essa oferta.

Com esses conceitos em mente, precisamos também entender que é necessário haver um equilíbrio no sortimento de produtos oferecidos por cada estabelecimento. Oferecer muitas opções ao consumidor pode desencorajá-lo a fazer uma escolha pela dificuldade de avaliar tantas variedades. Enquanto oferecer poucas opções podem levar o consumidor a escolher outro estabelecimento que tenha mais opções para ele.

75% dos consumidores acham que há tanta variedade de produtos e serviços que é difícil escolher qual a melhor opção” Fonte: Datamonitor e Marketing Week

Por isso, a análise de sortimento de produtos no PDV depende do entendimento dos clientes e de suas necessidades, assim como o ciclo de vida de produtos e de marcas.

Variedade x Profundidade no PDV

Para fazer essa análise de sortimento precisa-se analisar dois aspectos: a variedade de produtos e a profundidade.

  • A variedade é a quantidade de categorias, departamentos e marcas de produtos disponíveis em uma loja. Um hipermercado vende alimentos, produtos de limpeza, brinquedos, higiene, pneus, eletrodomésticos, celulares e muito mais. Enquanto lojas especializadas, como lojas de vestuário, vendem somente roupas, calçados e acessórios.

pdv

  • A profundidade é a quantidade de produtos dentro de cada categoria, é relativa aos SKUs registrados no sistema da loja para cada categoria de produto. Um hipermercado pode ter muitas categorias de produto, mas somente 2 tipos de calça jeans. Enquanto a loja de vestuário vende somente uma categoria (vestuário) mas oferece diversas opções de calça jeans.

pdv

A proporção de variedade e profundidade oferecida por uma loja define o sortimento que ela oferecerá em seu PDV. E cada loja terá uma proporção ideal para o seu sucesso.

Por exemplo:

Hipermercados e lojas de departamento: +variedade +profundidade;

Lojas especializadas: -variedade +profundidade

Mercados pequenos: +variedade –profundidade

Lojas de conveniência: -variedade –profundidade

Cada tipo de loja tem seu consumidor, seu tipo de compra e seu ciclo de vida. Consumidores que vão até um hipermercado estão dispostos a fazer compras demoradas e esperam encontrar grandes variedades. Enquanto os consumidores de lojas de conveniência procuram por compras rápidas, sem necessidade de tomar grandes decisões ou procurar muito por algo. O consumidor de ambas as lojas pode ser a mesma pessoa, mas ela está em diferentes momentos, com diferentes expectativas.

Como a análise de sortimento influencia o design de embalagem?

Ao desenvolver um design de embalagem deve-se visualizar o PDV que o produto estará disponibilizado e qual o consumidor deste produto. Por isso é tão importante saber todo o processo de fabricação, logística e comercialização de um produto antes de desenvolver sua embalagem. Sabendo como ele é feito, onde será comercializado e qual o seu público, você tem insights essenciais para a criação da embalagem.

Em termos práticos, se você está procurando desenvolver uma embalagem de um produto vendido a um grupo específico de pessoas, em uma loja especializada, tenha muito claro na embalagem o que o produto oferece. Os consumidores, normalmente, farão escolhas mais pensadas, por isso precisam de toda a informação disponível.

pdv

Se o seu produto será vendido em um hipermercado, ao lado de outros 10 produtos similares, crie embalagens que se destaquem naquela categoria de produtos. Na maioria das vezes o consumidor saberá o que quer e fará escolhas rápidas, feitas nos primeiros segundos em que olha para o mix de produtos oferecido.

pdv

Por isso, antes de desenvolver uma embalagem para o seu produto, saiba bem onde ele será comercializado, qual o sortimento de produtos no PDV e entenda o consumidor final.

Na Indústria da Imagem temos 20 anos de experiência nos mais diversos mercados, regionais, nacionais, especializados, varejistas, e em diversas categorias. Por isso conte com a nossa equipe para entender o seu produto e o PDV para criar embalagens que vendem!

Ligue agora! Você será direcionado a um dos nossos comerciais e poderá tirar outras dúvidas sobre o assunto e entender mais sobre os nossos serviços: +55 31 2512-7990

dezembro 11, 2017Nenhum comentário

COMO É O PROCESSO DE CRIAÇÃO DE EMBALAGENS?

A necessidade da embalagem surgiu com o advento da agricultura em larga escala e a revolução industrial. A criação de embalagens tinha a necessidade principal de proteger os produtos de insetos e roedores, além de manter a validade do produto por mais tempo, já que eram transportados por longas distâncias.

Hoje a criação de embalagens evolui junto com a sociedade e com o mercado. Novas funções foram atribuídas às embalagens juntamente com o diferente modo de vida das pessoas. AS embalagens hoje devem, além de proteger e ajudar no transporte do produto, informar os consumidores e atraí-los. E para isso o processo de criação se tornou mais complexo e com várias etapas:

  1. Estudo de público

Primeiramente é preciso entender o público consumidor do produto para o qual se irá criar a embalagem. É muito importante entender o comportamento do consumidor e do comprador do produto, onde ele é comprado, como é consumido e o que o público espera do produto.

  1. Estudo de mercado

Conhecendo o público, é preciso entender o mercado. Quais os concorrentes diretos e indiretos, como é o ponto de venda do produto, quais são as deficiências do mercado que podem ser supridas com este produto e qual é o visual comum dos produtos similares no mercado.

criação-de-embalagens

  1. Estudo de logística

Neste momento é importante entender o fabricante do produto, sabendo como ele fabrica, embala e distribui o produto. A criação de embalagens deve levar em conta todo este processo para desenvolver embalagens que protejam o produto durante a fabricação e transporte, sejam viáveis comercialmente para o fabricante, e que realmente repassem os atributos do produto.

criação-de-embalagens

  1. Definição de códigos e legislação

Cada tipo de produto deve seguir diferentes regras de rotulagem, como produtos de derivação animal, produtos industrializados, produtos sem lactose e outros. Por isso o designer da embalagem deve entender o produto e sua composição, saber por quais órgãos legisladores este produto deverá ser aprovado para ser comercializado, e estudar quais as normas vigentes para aplica-las na embalagem. A falta de conhecimento dos códigos e legislação torna o processo de criação de embalagens mais longo e trabalhoso. Já que a embalagem pode ser reprovada várias vezes pelos órgãos competentes se não seguir as regras específicas do produto, como valores nutricionais, validade, código de barra, pesos, e muitas outras.

criação-de-embalagens

  1. Design de embalagem

Agora sim, com todo o estudo do público, produto, mercado e normas, o designer pode criar as embalagens com a certeza de desenvolver artes que irão atender o cliente, destacarão o produto e estão corretas perante a lei. Nesse momento o designer irá utilizar todo o conhecimento adquirido de sua experiência e dos estudos realizados para a criação de embalagens que realcem os atributos do produto, protejam o produto do transporte, comercialização e maximizem a validade, informem o consumidor, e atraiam o comprador no PDV.

embalagens

Com certeza uma embalagem de sucesso deve passar por todo este processo para a criação de embalagens eficientes que consigam abranger as necessidades do cliente, do fabricante, do consumidor e do comprador.

Nós temos um enorme cuidado com todas as fases do processo de criação de embalagens que deve ter como papel central o design, mas sempre levando em consideração todas as variáveis envolvidas no processo. Trabalhamos com Inteligência de Embalagem, um serviço completo que consegue criar embalagens que realmente representem o produto e tragam destaque para aumentar as vendas e otimizar os custos. Muito mais que um design bonito, um design de embalagens que funciona e vende.

Image Map

contato@industriadaimagem.com.br  | + 55 (31) 2512 7990
Av. do Contorno 2090, 6º andar - Floresta - Belo Horizonte/MG - CEP 30110-012

contato@industriadaimagem.com.br 
+ 55 (31) 2512 7990
Av. do Contorno 2090, 6º andar - Floresta - Belo Horizonte/MG - CEP 30110-012

 contato@industriadaimagem.com.br 
+55 (31) 2512 7990
Av. do Contorno 2090, 6º andar - Floresta - Belo Horizonte/MG - CEP 30110-012

 

© 1997 – 2017 | INDÚSTRIA DA IMAGEM DESIGN DE EMBALAGEM

 

© 1997 – 2017 | INDÚSTRIA DA IMAGEM DESIGN DE EMBALAGEM

 

© 1997 – 2017 | INDÚSTRIA DA IMAGEM DESIGN DE EMBALAGEM