agosto 10, 2018Nenhum comentário

O significado das cores para o design de embalagens

O design de embalagens envolve muitos aspectos em sua concepção. Um dos mais importantes é o uso das cores certas para um projeto. E esta escolha não se dá somente pelo gosto do designer, mas há também um trabalho de estudo de cores, seus significados e efeitos.

design de embalagens

Para isso há uma extensa literatura de estudo de cores voltada para os sentidos, significados culturais, história e efeitos. E ao desenvolver uma embalagem todos esses tópicos devem ser considerados, até as melhores cores para um projeto serem definidas. As cores devem ser estudadas antes de qualquer projeto de design de embalagens, mas para os projetos de produtos alimentícios o estudo é especialmente importante, já que as cores irão afetar produtos comestíveis.

Vamos discutir agora alguns destes conceitos das cores que precisam ser considerados no design de embalagens:

  1. Sentidos

Vários sentidos são estimulados a partir das cores, como o olhar que percebe algo maior ou menor, mais pesado ou mais leve, a temperatura pode ser percebida mais quente ou mais fria, o sabor mais apetitoso ou mais refrescante, e outras sensações que serão discutidas nos próximos tópicos.

  1. Sensações

Estudos psicológicos mostram que cores estão relacionadas a sensações no cérebro dos seres humanos. Um bebê, por exemplo, aprecia a cor vermelha por causa da sensação recente de estar envolto no sangue durante a gestão e a conecta com sabores agradáveis, adocicados, relacionando e apreciando frutas vermelhas, laranjas ou similares. As cores fazem parte do desenvolvimento da criança e do ser humano, se tornando inerentes e sempre sendo associadas às primeiras impressões que elas lhe causaram. Tendo isso em vista, estudos perceberam que cores quentes são mais associadas a produtos saborosos, enquanto cores frias são associadas a bebidas alcoólicas e não alcoólicas.

design de embalagens

  1. Temperatura

Cores mais próximas do vermelho são consideradas mais quentes, como o laranja e o amarelo. Enquanto as cores complementares relativas a estas, como azul, ciano e anil, são consideradas mais frias. Estas definições de cores quentes e cores frias influenciam muitas outras definições, como as de tamanho, distanciamento, sabor, e outras.

design de embalagens

Sistema de cores desenvolvido por Nelson Bavaresco, designer gráfico e pesquisador.

  1. Tamanho e peso

As cores mais escuras passam a sensação de algo menor e mais pesado. No outro espectro cores mais claras dão a sensação de algo maior e mais leve. Este preceito também é levado em conta no design de ambientes, escolha de roupas e outros assuntos que envolvem a escolha de cores. Para levar isso para o design de embalagens é preciso considerar o tipo de produto que será vendido e a sensação que você pretende despertar no consumidor.

design de embalagens

 

  1. Distanciamento

Considerando o PDV, algumas cores podem provocar uma sensação distanciamento ou aproximação em relação ao consumidor. Cores quente e avermelhadas sempre dão a sensação de estarem mais próximas, assim como cores mais frias e azuladas, pela sensação de serem maiores, parecem mais distantes. Ambos os efeitos podem ser benéficos para o design de embalagens, dependendo do produto e o hábito de compra dos consumidores.

  1. Significados culturais

Outro ponto de extrema importância que deve ser levado em conta são os significados das cores nas culturas. No Brasil, relacionamos verde e amarelo com patriotismo, vermelho ao Natal e Dia dos Namorados, marrom com a Páscoa, dourado a produtos mais requintados, e vários outros significados. As cores tradicionais do arco íris representam diferentes chacras na Índia, enquanto em países ocidentais podem ser mais associadas a diversidade de gênero. O verde é sagrado para os muçulmanos e, no Brasil, algumas combinações de cores representam times de futebol. Várias dessas associações culturais das cores são vistas de modos diferentes em diferentes culturas. Por isso é preciso levar em consideração essas influências, especialmente para produtos que serão exportados para culturas diferentes da brasileira.

  1. Combinação de cores

A combinação de cores é algo que cria um bem estar estético quando as cores funcionam juntas. E esse bem estar sempre trará bons valores quando associados à uma embalagem. Essa combinação se dá, especialmente, entre cores análogas, vizinhas no bloco do círculo cromático, assim como as cores opostas no círculo.

design de embalagens

  1. Posicionamento no PDV

O local em que o produto será comercializado também deve ser considerado ao se escolher a melhor cor para a embalagem. Produtos para compra por impulso, próximos ao caixa, devem ter cores mais chamativas. Enquanto produtos mais naturais e vendidos próximos ao hortifrúti devem ter cores também mais naturais, e assim por diante.

  1. Costume do consumidor e concorrência

Outra consideração importante na escolha das cores da embalagem é levar em conta o que o consumidor está acostumado. Embalagens de molho de tomate normalmente são verdes e vermelhas e o consumidor consegue entender o produto quase que somente pelas cores e formato da embalagem. Mas ao mesmo tempo, seus concorrentes estão todos usando as mesmas e cores e, talvez, inovar com uma cor diferenciada irá chamar a atenção do consumidor. Estes aspectos comerciais das cores também precisam ser discutidos e levados em conta ao se escolher a cor do design de embalagens, pensando no PDV como um todo e seu produto fazendo parte dele, não somente avaliando a embalagem individualmente.

design de embalagens

Todos estes tópicos são de extrema importância no desenvolvimento de embalagens e devem estar sempre na mente do designer. Designer mais experientes conseguem perceber este processo de maneira mais fácil e rápida. Mas é sempre de extrema importância realizar diferentes testes. Crie mockups, mude as cores, inverta, mude o tom e teste. As escolhas intuitivas neste processo também são muito importantes para o design de embalagens.

Na Indústria da Imagem a nossa equipe trabalha com Inteligência de Embalagem, processo que leva em conta os diversos aspectos da concepção da embalagem, incluindo a cuidadosa escolha das cores. Para saber mais sobre o nosso trabalho, visite a página dos nossos Projetos. Ou entre em contato com a nossa equipe pelo contato@industriadaimagem.com.br.

março 23, 2018Nenhum comentário

As funções de um designer de embalagens

O designer de embalagens é um profissional que trabalha com a criação e desenvolvimento de embalagens para os mais diversos produtos. A área é muito procurada, já que todos os produtos que são vendidos em embalagens precisam destes profissionais. Por isso, conheça um pouco mais sobre o trabalho e as funções de um designer de embalagens.

O profissional

O designer de embalagens é um profissional com formação em design, seja ele gráfico ou de produtos, com especialização na criação e desenvolvimento de embalagens. Ele é responsável não só pela parte criativa do design, mas pela forma da própria embalagem, ergonomia, estética e estratégias.

Hoje, no Brasil, não há uma formação específica para designer de embalagens. Mas os diversos cursos de design de produtos e gráfico abrangem este conhecimento, sendo de iniciativa do estudante/profissional se especializar nesta área.

Chef n'Boss

A criação do designer de embalagens

O designer de embalagens lida diariamente com criações. Desde projetos conceituais até commodities, o profissional precisa criar embalagens que chamem atenção no PDV, comuniquem os benefícios do produto e os valores da sua marca, além de protegerem o produto que vem dentro da embalagem.

A criação no design de embalagens muitas vezes segue uma linha conceitual de uma marca que é transmitida em todos os níveis de publicidade e marketing da empresa. Por isso, mesmo que o designer de embalagens crie uma embalagem nova onde ele pode exercitar sua imaginação, a criação está atrelada a toda uma imagem do produto em diferentes pontos de contato com os stakeholders. E esta criação precisa respeitar e seguir esta linha de contato.

designer de embalagens

Formato e logística

O trabalho do designer de embalagens não se mantém dentro da criação. Ele precisa desenvolver artes para embalagens que realmente funcionem para o produto. É preciso, além de criar a arte, ajudar na definição da embalagem, seu material e processo de impressão. Um produtor de suco pode precisar definir se venderá seu produto em uma garrafa de vidro, caixa Tetra Pak ou garrafas pet. A definição da embalagem em si influencia a logística de produção, transporte e localização no PDV.

Por isso, o designer de embalagens precisa entender, além da criação, de materiais, formatos, técnicas de planograma, logística e transporte, e outras questões essenciais ao se desenvolver uma embalagem.

embalagens

As regras a serem seguidas

Todas as embalagens de produtos precisam de rótulos e informações. Essas informações devem conter ingredientes, validades, informações nutricionais para alimentos, modo de usar para cosméticos e produtos de limpeza, etc. Cada tipo de produto está dentro de uma certa categoria que é regulamentada por diferentes órgãos, seja ele Anvisa, Ministério da Agricultura, ou governos internacionais para produtos de exportação.

O designer de embalagens precisa conhecer essas regras e saber como segui-las. Criações não podem ser desenvolvidas de forma aleatória sem o cuidado com os aspectos legais do produto. A embalagem, antes de atrair o consumidor no PDV, precisa ser aprovada pelos órgãos regulamentadores. O designer de embalagens deve ter cuidado para que as informações todas estejam corretas na embalagem e sempre acompanhar as legislações para solicitar ao cliente as informações necessárias para a criação da embalagem.

designer de embalagens

Marketing de embalagens

Além disso tudo, a criação do designer de embalagens deve ter como base um plano estratégico para estimular a venda daquele produto. Para desenvolver uma embalagem, o designer precisa conhecer o mercado, os concorrentes e o comportamento do consumidor. Todo esse processo é feito em conjunto com o cliente e guiado pelo designer de embalagens, que deve saber como olhar o mercado. Só assim o profissional conseguirá criar uma embalagem que atraia o consumidor e venda o produto.

Um designer de embalagens completo entende de todo o processo de uma embalagem, desde o estudo de mercado, até a logística, impressão e pdv. Na Indústria da Imagem temos 20 anos de experiência ajudando nossos clientes a passarem por todo o processo. Assim, desenvolvemos a Inteligência de Embalagem, processo de criação que parte do design mas engloba todos os pontos abordados pela embalagem.

design de embalagens

Para conhecer mais o nosso trabalho visite a nossa página de projetos e conheça um pouco dos nossos 20 anos de experiência no mercado de design de embalagem.

fevereiro 23, 2018Nenhum comentário

As diversas funcionalidades das embalagens

Hoje, as embalagens têm um papel muito mais importante que proteger o produto ou promove-lo. Sua função se tornou estratégica para as empresas, pois a embalagem passou a ser parte do produto que é comercializado.

As embalagens hoje elevam o valor do produto, contam histórias, reforçam valores de marcas, afetam a produtividade e aumentam a rentabilidade. Novas tecnologias de embalagem podem modificar todo um mercado, como foi o exemplo da Tetra Pak que diminuiu o mercado do leite de saquinho.

embalagens

O mercado de embalagens em si vem crescendo muito, consequência do aumento da importância da embalagem para o produto final. Das 20 maiores fabricantes de embalagens do mundo, 19 estão no Brasil, investindo no nosso mercado. E o que está por trás disso tudo? O processo de segmentação do mercado brasileiro, em que é preciso ser inovador para se destacar. Os hábitos de consumo do brasileiro estão mudando e isto afeta diretamente as embalagens.

Além de ser tecnológica, inovadora, proteger o produto, reduzir custos e representar os valores da marca, a embalagem, em frações de segundos, precisa chamar a atenção do consumidor, estabelecer uma relação de valor e, finalmente, ser colocada no carrinho.

É muita responsabilidade para uma só embalagem, mas é justamente por isso que há o constante surgimento de embalagens diferenciadas e inovadoras. Conheça então alguns exemplos de funções que embalagens inovadoras apresentaram para o mercado brasileiro:

  1. O uso da embalagem à vácuo aumentou o comércio de máquinas de torrefação de café e a produção de café para exportação.
  2. Novas bisnagas de creme dental feitas com material diferenciado permite o uso mais fácil do produto e um maior aproveitamento do creme dental.
  3. Maioneses foram de potes de vidro para potes de plástico depois que pesquisa mostrou que o principal consumidor do produto são crianças.
  4. Long necks de alumínio ao invés de vidro são a nova sensação pois mantém as bebidas geladas por mais tempo.

embalagens

  1. A popularização do microondas fez com que diversos produtos criassem versões próprias para uso no microondas, em embalagens também apropriadas.
  2. Rótulos são constantemente revisados para informar o consumidor de forma mais clara os benefícios do produto.
  3. A vida corrida da população fez com que se criasse um nicho de produtos “on the go”, que possuem embalagens próprias para pegar, levar e consumir no caminho.
  4. Neste mesmo contexto da vida corrida, algumas embalagens estão sendo desenvolvidas para que, quando pressionadas no local correto, esquentem o seu conteúdo, seja um café, um chá ou uma sopa.
  5. Garrafas de vinhos, cervejas e outras bebidas com tampa de rosca atendem os consumidores que consomem seu produto na rua ou em casa, sem precisar de abridores.
  6. Versões de embalagens menores de diversos produtos combatem o desperdício. Tudo isso pensando na tendência de que cada dia mais pessoas moram sozinhas e procuram por porções menores de alimentos, produtos de higiene e tantos outros.
  7. A constante necessidade de diferenciação faz com que empresas mudem até mesmo sua marca ou embalagens clássicas, como foi o caso do Leite Moça que foi renovado depois de 83 anos com a mesma “cara”.

embalagens

O mercado de design de embalagens

Todas essas mudanças fazem com que o mercado de design de embalagem também tenha que se renovar e apresentar novas ideias e estratégias. Hoje as empresas levam, em média, 2 anos para concluir o processo de criação ou mudança de uma embalagem, já que várias etapas são percorridas, desde a criação até aprovação, gráfica e empacotamento. Mas a tendência é que isso mude, que as empresas tenham uma necessidade constante de se renovarem e renovarem suas embalagens.

embalagens

Por isso, empresas de design de embalagem precisam ser eficientes, criar embalagens que são aprovadas pelo cliente e pelos órgãos reguladores, e que aumentem as vendas no PDV. O design de embalagens, com isso, vem se especializando cada dia mais, com profissionais exclusivos e com experiência em embalagens.

E esse é o caso da Indústria da Imagem, empresa de design de embalagens com mais de 20 anos de experiência com clientes nos mais variados setores. O know-how de legislações e o conhecimento técnico no processo de Inteligência de embalagem fazem toda a diferença na entrega dos projetos da Indústria da Imagem. Conheça um pouco mais da empresa pelos nossos melhores projetos.

Image Map

contato@industriadaimagem.com.br  | + 55 (31) 2512 7990
Av. do Contorno 2090, 6º andar - Floresta - Belo Horizonte/MG - CEP 30110-012

contato@industriadaimagem.com.br 
+ 55 (31) 2512 7990
Av. do Contorno 2090, 6º andar - Floresta - Belo Horizonte/MG - CEP 30110-012

 contato@industriadaimagem.com.br 
+55 (31) 2512 7990
Av. do Contorno 2090, 6º andar - Floresta - Belo Horizonte/MG - CEP 30110-012

 

© 1997 – 2017 | INDÚSTRIA DA IMAGEM DESIGN DE EMBALAGEM

 

© 1997 – 2017 | INDÚSTRIA DA IMAGEM DESIGN DE EMBALAGEM

 

© 1997 – 2017 | INDÚSTRIA DA IMAGEM DESIGN DE EMBALAGEM